Eu gostava dele, sabe?

Eu gostava dele, sabe? Das risadas, idiotices, do falatório, da birra e marra. Eu gostava de tudo nele. Pena que eu dei bobeira e ele descobriu. Se eu não tivesse vacilado ou deixado tão na cara assim, talvez ele não teria se assustado com tamanho gostar e o amor não teria acabado.
— Escriturias